União SC – João Santos pediu demissão

Poderá estar aberta uma “crise directiva” no União Sport Club de Santiago do Cacém.

Ao que apurámos e confirmamos junto de elementos da direcção do clube, João Santos, eleito presidente da direcção no dia 8 de Outubro deste ano, pediu na sexta-feira passada, dia 2 de Novembro a sua demissão do cargo de presidente.

Tentámos contactar o dirigente mas sem sucesso.

Sabemos que nesta segunda-feira à noite terá lugar uma reunião para que possam averiguar a dimensão do “problema” e se efectivamente outros elementos dos actuais órgãos sociais do clube, seguem a tendência de demissão ou se vão continuar a ocupar os respectivos lugares.

E será esta a parte mais importante neste momento: saber quem continua, ou se existem mais demissões até um número que faça cair a direcção em bloco e consequentemente obrigar a um novo período de eleições.

Ao que apurámos Luís Raposo, vice-presidente do clube está disponível para assumir e continuar. 

As razões de João Santos não são oficialmente conhecidas mas sabemos que os últimos tempos têm sido de mudanças. O acordo firmado pela anterior direcção com a empresa “Rising Talents” foi anulado por incumprimento da empresa para com o clube. Transitaram para esta nova direcção alguns “custos operacionais” elevados que João Santos contestava. 

Desportivamente o União SC de Santiago do Cacém tem este ano o maior número de equipas de sempre, a disputar os campeonatos de Setúbal em futebol, tem a escola de futebol e tem ainda uma nova secção de futsal com equipa sénior.

Vamos continuar a acompanhar esta nova realidade no clube Santiaguense. 

João Santos poderá ficar na história como o presidente com o menor número de dias à frente do clube. 

Recordamos que o emblema Santiaguense assinalou no mês passado 80 anos de existência. 

Crédito – Foto: Facebook do União Sport Club

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *