Vereador do PSD contra designação do presidente da Junta de Ermidas no Conselho Geral do Agrupamento de Alvalade (c/áudio)

O vereador do PSD na Câmara de Santiago do Cacém, Luís Santos, votou hoje contra a designação do presidente da Junta de Freguesia de Ermidas do Sado (CDU) no Conselho Geral do Agrupamento de Escolas de Alvalade.

Durante a votação para a designação de representantes do Município nos Conselhos Gerais dos Agrupamentos de Escolas, no mandato de 2017-2021, o social- democrata questionou os critérios que estiveram na origem desta decisão.

De acordo com Luís Santos, a escolha recaiu no presidente da Junta de Freguesia de Ermidas (CDU) porque o atual presidente da Junta de Alvalade (PS) é de uma força política diferente da atual maioria comunista.

 

A designação dos representantes nos Conselhos Gerais dos Agrupamentos Escolares foi aprovada por maioria com o voto contra do PSD tendo o Partido Socialista votado a favor da proposta.

Um lapso, justificou o vereador do PS, Óscar Ramos que apesar do voto favorável, não concorda com a escolha do presidente da Junta de Freguesia de Ermidas.

 

Em resposta, o presidente da Câmara de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha diz que se está a querer “criar um caso político” em torno de uma designação, cuja sugestão, segundo o autarca, partiu do Conselho Geral do Agrupamento de Escolas de Alvalade-Sado, no mandato anterior.

 

A reunião da Câmara Municipal de Santiago do Cacém realizou-se, esta quinta-feira, 30 de novembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*