Violência: Ações de sensibilização juntaram 800 profissionais

SETÚBAL 2 Atuação médica em casos de violência 29092015

As ações subordinadas ao tema “Atuação médica em casos de violência”, promovidas pelo Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses (INMLCF),  na passada terça-feira, reuniram cerca de 800 profissionais em todo o país, incluíndo Santiago do Cacém.

Médicos, magistrados do Ministério Público, agentes da Polícia Judiciária, militares da GNR e membros das Comissões de Proteção de Crianças e Jovens e da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima participaram nas 22 sessões realizadas no Continente e Ilhas.

“O clima que nos foi descrito foi de grande participação, interesse e já de dinamização de ações futuras e de vários protocolos entre as entidades presentes nas sessões. Em alguns hospitais o debate prolongou-se por mais de três horas”, afirmou João Pinheiro, vice-presidente do INMLCF.

A ação, a primeira do género realizada em Portugal, teve como principais responsáveis Susana Tavares, coordenadora da Unidade Funcional de Clínica Forense da Delegação do Centro, e César Santos, coordenador do Gabinete Médico-Legal e Forense do Médio Tejo.

“O caminho faz-se caminhando. Demos um passo de gigante na reafirmação do INMLCF como instituição de referência na temática da violência, com destaque para a doméstica”, sublinhou João Pinheiro, numa referência aos trabalhadores do Instituto que  colaboraram na organização das 22 sessões.

Fonte:INMLCF

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*