Vítor Proença pede intervenção do Governo no “reforço de apoios” da GNR em Alcácer do Sal

O presidente da Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral (CIMAL), Vítor Proença exigiu ontem ao Ministro da Administração Interna “o reforço de apoios” à Guarda Nacional Republicana (GNR) e às áreas da segurança e proteção civil.

O também presidente da Câmara de Alcácer do Sal participou, em conjunto com os restantes autarcas do litoral alentejano, numa reunião, na sede da CIMAL, em Grândola, no âmbito do ‘Roteiro MAI’ que vai decorrer até ao início de abril.

A iniciativa tem como objetivo debater com todos os presidentes de câmara os temas que marcam a área da administração interna: segurança interna, proteção civil e descentralização.

No encontro com Eduardo Cabrita, o autarca alertou para a “necessidade urgente” de “fortalecer a capacidade de resposta” da Guarda Nacional Republicana de Alcácer do Sal, Torrão e Comporta, no concelho de Alcácer do Sal.

“Em Alcácer, neste momento, há duas viaturas ligeiras e outra todo-o-terreno inoperacionais, o que obriga ao pedido de colaboração de outros postos da GNR”, denunciou Vítor Proença.

Além do défice de militares da GNR, o autarca alertou igualmente para a “falta de verbas para a aquisição de materiais de limpeza, consumíveis e apetrechamento do parque informático”.

No encontro com o Ministro da Administração Interna, Vítor Proença defendeu ainda “urgência” na colocação de uma viatura de Suporte Imediato de Vida no SUB de Alcácer.

O autarca chamou a atenção do governante “para a necessidade de reforço do apoio” aos Bombeiros Mistos de Alcácer do Sal e para “a situação perigosa” no acesso à praia da Comporta no período do verão.

O ‘Roteiro MAI’ conta também com a presença da Secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna, Isabel Oneto, do Secretário de Estado da Proteção Civil, José Artur Neves, e do Secretário de Estado das Autarquias Locais, Carlos Miguel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *