Prémio de Conto Manuel da Fonseca entregue este sábado em Santiago do Cacém

A cerimónia de entrega do Prémio Nacional de Conto Manuel da Fonseca à obra ‘Um Fiel Jardineiro e Outras Histórias’, de Maria de Fátima Ferreira Rolão Candeias vai ser entregue, este sábado, numa cerimónia prevista para as 16:00 na Biblioteca Municipal Manuel da Fonseca, em Santiago do Cacém.

O prémio, que já vai na 12.ª edição, instituído pela Câmara de Santiago do Cacém como forma de prestar homenagem ao escritor santiaguense, Manuel da Fonseca e, ao mesmo tempo, revelar novos criadores da língua portuguesa, distingue de dois em dois anos, uma coletânea de contos originais, escritos em língua portuguesa, por autor maior de idade, natural de qualquer país que integre a comunidade lusófona.

O júri constituído pelo presidente da Associação Portuguesa de Escritores, José Manuel Mendes, presidente da Associação Portuguesa dos Críticos Literários, Manuel Frias Martins e pela mestre em estudos portugueses e professora, Paula da Graça Rodrigues, atribuiu por unanimidade o prémio à escritora que concorreu sob o pseudónimo Mnemósine.

O “conjunto de contos com uma ligação interna de natureza reflexiva e cujos núcleos temáticos colocam em primeiro plano incidentes do quotidiano para deles extrair lições de vida, a escrita agradável de seguir graças a um discurso equilibrado e comunicativo,” foram as fundamentações que levaram o júri a atribuir a Maria de Fátima Ferreira Rolão Candeias a vitória no concurso, adiantou o município de Santiago do Cacém.

A escolha apanhou de surpresa a vencedora, professora do ensino básico e secundário, que quando se reformou começou a dedicar-se à escrita. 

O Prémio Nacional de Conto Manuel da Fonseca tem um valor pecuniário de 4000 euros para a obra vencedora. Nesta edição foram admitidos a concurso 19 originais de autores lusófonos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *