Proteção Civil de Sines acompanha situação na Recipneu

O Serviço Municipal de Proteção Civil encontra-se no terreno a acompanhar o incêndio que deflagrou na madrugada de hoje, 11 de outubro de 2017, na fábrica de reciclagem de pneus da Recipneu, localizada na Zona Industrial e Logística de Sines.

O alerta do fogo, num monte de pneus para reciclar, foi dado às 3h38 da manhã. O incêndio foi dominado às 6h55.

Ao início da tarde ocorreu um pequeno reacendimento, com parte dos pneus a arder em fogo lento neste momento.

Apesar deste reacendimento, que explica o fumo que se voltou a ver na cidade, o incêndio está dominado e estão a decorrer, em paralelo, as operações de rescaldo, iniciadas às 10h00.

O Serviço Municipal de Proteção Civil iniciou o acompanhamento da situação às 3h45.

Às 4h20, foi montado no local um posto de comando conjunto com os Bombeiros Voluntários de Sines.

A Câmara Municipal de Sines tem vindo a apoiar o combate ao incêndio e os trabalhos de rescaldo com alimentos, combustível e maquinaria.

O combate às chamas mobilizou mais de 50 operacionais, de várias corporações de bombeiros, da GNR e do Serviço Municipal de Proteção Civil.

As operações de rescaldo estão a envolver também meios da APS, da Galp Energia e da empresa Rui & Candeias.

Fonte: CMS

One thought on “Proteção Civil de Sines acompanha situação na Recipneu

  • 13 Outubro, 2017 at 14:07
    Permalink

    Prezados @RadioMirobriga

    relativamente ao comunicado em:
    http://sines.pt/frontoffice/pages/862?news_id=882

    e tambem aqui replicado no vosso site

    Parece inadmissível que não haja uma referência à Repsol.

    Não sei se foi intencional ou mero descuido na preparação do texto mas denota enorme falta de civilidade e de consideração

    “As operações de rescaldo estão a envolver também meios da APS, da Galp Energia e da empresa Rui & Candeias.”

    Aqui expresso o meu descontentamento com a parcialidade deste comunicado.

    Provavelmente o fumo toldou a visão dos relatores que por isso não se aperceberam da colaboração prestada a nível de colaboradores, disponibilidade de acessos, meios e maquinaria, rede de água, etc. pela Repsol.

    C. Marques

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*